| |


Ver Mais
Pauta de Histórias - A Mansão do Poço da Velha
08-05-2019
Macau é um lugar por onde perpassam vários planos de memórias. Algumas foram sendo esquecidas ou então são ignoradas pela mudança das gentes que o povoam, que a terra foi, desde sempre, local de passagem.
Uma das características da cidade é possuir inúmeros “passados”, património material e imaterial que se pode depositar na mais viva Memória ou no breu do Esquecimento.
António Conceição Júnior, por razões fortuitas do destino, viveu em diversos espaços e cresceu com lembranças que lhe foram legadas. Em menino ouvia seu pai e amigos conversarem sobre Manuel da Silva Mendes, Camilo Pessanha, de quem fora aluno, ou José Vicente Jorge. Conviveu com personalidades do círculo mais erudito de Macau, tendo tido acesso, por exemplo, a Luís Gonzaga Gomes e às primeiras edições das suas obras, saídas do prelo na colecção “Notícias de Macau”, jornal propriedade de Hermman Machado Monteiro, e em cuja redacção os pais de Conceição Júnior, ambos jornalistas, se casaram.
Num ambiente particularmente culto, Conceição Júnior cresceu e formou-se enquanto cidadão, não sendo assim de estranhar que no seu regresso a Macau em 1977, após concluir os seus estudos superiores, tivesse já estabelecido a sua própria ideologia para a Cidade. Nos valores de cidadania couberam a sua devoção militante a Macau, a defesa dos valores culturais e patrimoniais, a intervenção na imprensa local, a publicação de livros de crónicas dedicados à Cidade.
Apresentado pela Fundação Rui Cunha, no próximo dia 8 de Maio, pelas 18:30 horas, António Conceição Júnior irá partilhar parte destas memórias, numa conversa sobre uma antiga casa de Macau, a que chamou “Mansão do Poço da Velha”.


Ver Mais
A Think & Do Tank
06-05-2019
Arch. Professor Laurence Loh lecture outlines the activity of the ThinkCity, a community-led organization based in Georgetown, Penang, that partners with government agencies, business communities and civil society to undertaken urban regeneration that promotes an economy based on culture.

Following the success and key learnings of the George Town Grants Programme, a programme designed to spearhead urban regeneration focused on promoting community engagement to preserve and celebrate heritage, the Think City expanded to other regions and have evolved from dispensing grants to more actively shaping and supporting other aspects of citymaking.

The ThinkCity latest thrust is to upscale its internal resources to manage climate adaptation projects.

SPEAKER: LAURENCE LOH KWONG YU

ADJUNCT PROFESSOR, UNIVERSITY OF HONG KONG.
AA DIP, ICOMOS, APAM, LAM, MIID, FHKICON.

Laurence Loh advocates Designing with Culture to create sustainable urban solutions.

Associate Professor Laurence Loh, an architect by profession, has spent the past 26 years protecting, conserving, managing and sustaining the cultural heritage of Malaysia. Trained at the Architectural Association in London, he runs the architectural practices of Laurence Loh Akitek and Arkitek LLA Sdn. Bhd. Laurence’s expertise and contributions in built heritage have been acknowledged nationally and regionally.

He was appointed by UNESCO to act as the on-site Assessor for the World Heritage Listing of both Macau as well as Kaiping in China. Laurence is best known for the restoration of the Cheong Fatt Tze Mansion in Penang that won the inaugural UNESCO Asia-Pacific Heritage Awards for Cultural Heritage Conservation 2000 as the ‘Most Excellent Project’. This was followed by UNESCO Heritage ‘Award of Merit’ for the restoration of the Cheng Hoon Teng in Malacca. In 2008, his restoration of Stadium Merdeka won the UNESCO ‘Award of Excellence’, whilst Suffolk House in Penang, the only surviving Anglo-Indian Georgian mansion in South-East Asia, was accorded the UNESCO ‘Award of Distinction’. His Lunas Rubber Smokehouse project, a community cum conservation project with schoolchildren was shortlisted for the 2010 Aga Khan Awards. Laurence is also the President of Badan Warisan Malaysia, the Heritage of Malaysia Trust providing advocacy as well as advisory services and skills training within the whole spectrum of cultural heritage conservation.

He is also a Director of ThinkCity, a community-led organization that partners with government agencies, business communities and civil society to undertaken urban regeneration that promotes an economy based on culture. The latest thrust is to upscale its internal resources to manage climate adaptation projects.

In parallel with his professional career path, Laurence also devotes his time to education. He currently teaches at the University of Hong Kong and at the ICOMOS International Centre for the Study of Preservation Restoration of Cultural Property in Rome.

This year the Institute honored Laurence with the PAM Gold Medal Award for his life-long contribution to the advancement of architecture in Malaysia and internationally.


Ver Mais
XX Anos RAEM: uma viagem pelos caminhos do Direito Civil e Penal de Macau
29-04-2019
No âmbito do seu 7 Aniversário, a Fundação Rui Cunha organizará no próximo dia 29 de Abril, segunda-feira, às 18h30, a conferência XX Anos RAEM: uma viagem pelos caminhos do Direito Civil e Penal de Macau.
No ano em que Macau comemora o XX Aniversário da transferência de soberania para a República Popular da China, é tempo de olhar para a RAEM de hoje e perceber o que mudou, o que importa alterar e o que, estando em vigor, pouco ou nada acompanhou o crescimento fervilhante da sociedade em que vivemos.
Percorrer os caminhos do direito civil e penal de Macau, é viajar por duas das traves mestras de um ordenamento jurídico único, pensado a partir dos compromissos firmados na Declaração Conjunta Luso-Chinesa, com vista a evitar rupturas com o direito vigente até 1999 e criando códigos adaptados ao enquadramento político-institucional que conformou Macau no período pós 1999, o qual continua vigente até aos dias de hoje.
Vinte anos volvidos urge olhar para a sociedade e para estes dois pilares do ordenamento jurídico em vigor e, em jeito de balanço, contribuir singelamente para que a sua preservação e evolução, acompanhe o ritmo e as necessidades do tempo, sem esquecer a marca e matriz identitária que lhe conferem a tão acolhida singularidade.
Esta conferência terá como oradores convidados, o Senhor Dr. João Gil Oliveira, Assessor do Secretário da Segurança da RAEM; Juiz Desembargador (Portugal); Ex-Juiz do Tribunal de Segunda Instância da RAEM e o Senhor Dr. Carlos Campos Lobo, Assessor da Secretária para a Administração e Justiça da RAEM; Juiz Desembargador (Portugal).
A moderar contaremos com a participação do Senhor Dr. Luis Pessanha, Assessor da Assembleia Legislativa da RAEM.
Esta conferência encerrará o 7 Aniversário da Fundação Rui Cunha, e será realizada em língua portuguesa.
A Entrada é livre.
Contamos com TODOS!
Por Macau Mais e Melhor!


Ver Mais
Programa Fazer Justiça VII . Sessão de Audiência e Julgamento “Discriminação Racial”
29-04-2019
Por ocasião da celebração do 7 Aniversário da Fundação Rui Cunha, o CRED-DM regressa com um dos seus mais emblemáticos programas: O Programa Fazer Justiça VII Edição.

Em parceria com Escola Portuguesa de Macau, apoiante incondicional desde a primeira edição, o tema escolhido para 2019 é a Discriminação Racial.

Através desta iniciativa, pretende o CRED-DM – Centro de Reflexão, Estudo, e Difusão do Direito de Macau da Fundação Rui Cunha, dar a conhecer aos jovens estudantes do secundário os fundamentos essenciais da Lei e da Justiça, bem como ajudá-los a compreender o, ainda muito jovem, sistema jurídico da RAEM.

Aos alunos, previamente seleccionados pela EPM, foi-lhes confiado um caso para resolverem, através da construção dos intervenientes, das provas e de todo o cenário do julgamento.

O CRED-DM e a EPM, através do seu Clube de Filosofia, com a impenhorável ajuda do ilustre Magistrado, Dr. Carlos Carvalho, deu início às sessões preparatórias, no passado mês de Fevereiro, as quais culminam, agora, com a Audiência de Discussão e Julgamento, a realizar na Fundação Rui Cunha.

Com este Programa, o CRED-DM pretende, não apenas, desmistificar o direito perante o olhar dos mais jovens, como, acima de tudo, sensibilizá-los para a importância e mais-valia de um Direito de Macau, único e próprio, cujo futuro depende em exclusivo do que eles próprios pretendam e ambicionem.

A sessão de audiência e Julgamento 2019, terá lugar na Fundação Rui Cunha, dia 29 de Abril, Segunda-feira, às 15h00.

A entrada é livre.

Contamos com a presença de todos.

Este evento terá transmissão live via facebook.


Ver Mais
Macau enquanto plataforma comercial e económica entre a China e os Países de Língua Portuguesa
25-04-2019
A Fundação Rui Cunha em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa realizará no dia 25 de Abril, Quinta-feira às 18h15, a conferência: Macau enquanto plataforma comercial e económica entre a China e os Países de Língua Portuguesa.
Inserida num novo ciclo de conferências, intitulado CREDDM Series, pretende desta forma a Fundação assinalar o dealbar deste que será o grande projecto político para a Região do Grande Delta do Rio das Pérolas, nos próximos anos.
Num momento em que Macau assume um papel chave no desenho da Grande Baía, importa abrir o debate a toda a comunidade, trazendo para cima da mesa todos os desafios e respectivas oportunidades, no que a esta matéria diz respeito.
Para esta segunda sessão, elegemos como tema central Macau enquanto plataforma comercial e económica entre a China e os Países de Língua Portuguesa.
Membro de uma matriz jurídica identitária comum, Macau é detentor secular de um legado histórico de ligação entre a China e todo o mundo lusófono.
Isso mesmo foi realçado, neste que é agora, o grande projecto político da República Popular da China para os próximos anos, ao atribuir a Macau o papel charneira no que a esta matéria diz respeito.
Um dos aspectos mais importantes para os Países de Língua Portuguesa é a clara intenção das autoridades responsáveis por este Plano de Desenvolvimento em (i) apoiarem Macau no desenvolvimento de uma plataforma de serviços financeiros China-Países Lusófonos, (ii) em estabelecer um sistema de seguro de crédito à exportação, (iii) em desenvolver-se como centro de compensação RMB para os Países Lusófonos, (iv) em alavancar as forças de Macau como sede do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China-Países Lusófonos, e (v) em assumir os serviços de cooperação financeira entre a China e os Países de língua portuguesa.
Perante tudo isto, como responderá Macau?
A discutir esta e outras questões teremos:
Rodrigo Brum – Secretário-Geral Adjunto do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa; Félix Pontes – Presidente do Instituto de Formação Financeira de Macau; Shi Kun – Director do Departamento Regional de Desenvolvimento e Planeamento do Instituto de Desenvolvimento da China.
A moderar contaremos com a participação de José Carlos Matias, Director, Jornal Plataforma Macau.
Esta conferência será realizada em Mandarim e em Português, com interpretação simultânea e a entrada é livre.
Contamos com TODOS!
Por Macau, Mais e Melhor!


Ver Mais
CRED vai à Escola abordará o tema “Saúde e Bem Estar”
22-04-2019
Por ocasião do 7 Aniversário da Fundação Rui Cunha, e à semelhança do ocorrido em anos anteriores, o CRED vai à Escola regressa para mais um Programa didáctico de direito, dirigido aos mais novos.
Para 2019 elegemos a Saúde como tema central.

A realização de trabalhos de educação no campo da Saúde e Bem Estar são importantes para consciencializar a sociedade como um todo.

Este ano o CRED vai à Escola abordará o tema “Saúde e Bem Estar” de forma lúdica e criativa, através de acções educativas e de divulgação voltadas para um maior e melhor conhecimento sobre o conteúdo e espírito do tema.

Para fazer todas as coisas fantásticas que a vida nos oferece é fundamental ter saúde!

O mais interessante é que é muito fácil manter um estado constante de saúde e bem-estar, basta desenvolver hábitos adequados no nosso dia a dia e quanto mais cedo melhor!

Falamos de Saúde e Bem Estar, falamos de hábitos Saudáveis de Alimentação, de Actividade Física e de Leitura, de Higiene Pessoal – Corporal – Oral, de Rotinas Diárias e Hábitos Saudáveis, Consciencialização de Vacinação, Obesidade e Visitas ao Médico, entre outros. “Alimentar” as crianças com informação, das suas mais variantes formas; através de livros, filmes, jogos e tudo o que possa motivar a uma melhor compreensão do “mundo” onde vivem é fundamental ao seu crescimento e desenvolvimento enquanto cidadãos, influenciando e orientando a comportamentos conscientes futuros.

Durante três dias mais de 300 crianças passarão pela Fundação e aprenderão na linguagem que melhor conhecem, mais um pouco deste tão importante tema!

Não perca! Mais informações www.creddm.org


Ver Mais
Dificuldades de Aprendizagem Específicas - Dislexia, Intervenção Pedagógica
17-04-2019
A Fundação Rui Cunha realiza no próximo dia 17 de Abril, Quarta-feira, às 18h30, a Conferência Dificuldades de Aprendizagem Específicas - Dislexia, Intervenção Pedagógica, protagonizada por Maria Fernanda Carreira Pereira Estrela, Professora de Educação Especial, Portugal.

A leitura é um processo complexo, na medida em que implica descodificar e interpretar, significativamente, símbolos verbais impressos. Para a maioria das crianças este processo acontece rapidamente, de um modo suave e sem esforço, para outras, as crianças disléxicas, especificamente, as dificuldades que manifestam em transformar o código escrito num código linguístico, são inúmeras, causando-lhes sofrimento, a si e às suas famílias, sendo determinantes no seu sucesso académico.
Sabe-se que os alunos disléxicos tendem a exibir um quadro de dificuldades em domínios específicos, variáveis de caso para caso. A certa altura do seu percurso, podem revelar reduzida motivação e empenho pelas atividades que impliquem a mobilização de competências de leitura e escrita, o que vai aumentar as dificuldades escolares; podem mesmo recusar-se a participar nas atividades pelo medo de se expor; ou apresentar sintomatologia ansiosa, refletindo insegurança, medo, tristeza, em resultado do sucessivo e generalizado inêxito.
A abordagem destes novos conteúdos implicará um esforço no sentido de uma adequação didático-pedagógica, tanto na abordagem aos conteúdos programáticos, como na mudança de atitudes por parte do professor face ao aluno com DAE.

Em suma, a aprendizagem da leitura e da escrita envolve inúmeras funções entre elas a linguagem ao nível da receção e da expressão, que são interativas e interdependentes, e diversos processos cognitivos que interagem entre si.

Maria Fernanda Carreira Pereira Estrela é professora do 1º Ciclo do Ensino Básico pela Escola do Magistério Primário de Leiria, com um Curso de Estudos Superiores Especializados em Formação Pessoal e Social, pela Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Leiria. É Pós-graduada em Dificuldades Específicas de Aprendizagem pela Escola Superior de Educação Paula Frassinetti do Porto e ISLA de Leiria, onde obteve, igualmente, o grau de Mestre em Ciências da Educação - Educação Especial.

A conferência será realizada em língua portuguesa e a entrada é livre.
Contamos com a presença de todos.
Por Macau Mais e Melhor!


Técnicas e estratégias de mudança de Voz de acordo com diferentes personagens.
13-04-2019
A Fundação Rui Cunha acolhe no próximo dia 13 de Abril, Sábado, às 18h00, uma sessão de Stand Up Comedy, com o humorista português Hugo Sousa, intitulada Técnicas e estratégias de mudança de Voz de acordo com diferentes personagens.
Integrada no âmbito das Celebrações do Dia Mundial da Voz 2019, o Centro de Ensino e Formação Bilíngue Chinês-Português juntamente com o Centro de Investigação de Estudos Luso-Asiáticos do Departamento de Português da Universidade de Macau trazem a Macau o humorista português.
Durante a sessão, Hugo Sousa procurará partilhar com todo o público presente a sua própria experiência ao longo de 20 anos de espectáculos ao vivo e programas de televisão.
Hugo Sousa é um profissional de stand up comedy, descobrindo muito cedo o seu talento para o humor.
Iniciou o seu percurso com apenas 19 anos, num pequeno clube, onde apresentava semanalmente o seu espectáculo de stand up comedy.
Passou a profissional a partir de 2003, trabalhando desde então em variadíssimos programas de televisão e espectáculos de stand-up comedy um pouco por todo o país.
Em 2018, andou em digressão com o seu próprio stand-up comedy show Maturado, realizando, igualmente, o seu próprio programa de televisão A vida do Sousa no canal de televisão português SIC Radical.
Esta sessão será realizada em língua portuguesa e a entrada é livre.
Contamos com a presença de todos.
Por Macau Mais e Melhor!


A importância da voz: cuidados, treino e descanso fundamentais ao jornalista
11-04-2019
A Fundação Rui Cunha acolhe no próximo dia 11 de Abril, Quinta-feira, às 18h30, a Conferência A importância da voz: cuidados, treino e descanso fundamentais ao jornalista.
Integrada no âmbito das Celebrações do Dia Mundial da Voz 2019, o Centro de Ensino e Formação Bilíngue Chinês-Português juntamente com o Centro de Investigação de Estudos Luso-Asiáticos do Departamento de Português da Universidade de Macau trazem a Macau o jornalista da Antena 1 Alexandre Afonso
Durante a sessão e, para além de podermos ouvir várias histórias relatadas na primeira pessoa, centraremos a apresentação na forma como se prepara Alexandre Afonso para um relato em rádio, uma narração em televisão e/ou para uma emissão em estúdio.

Alexandre Afonso trabalha há já 21 anos na Antena1, tendo assumido funções de Coordenação em 2005.
Desde novembro de 2012 que é coordenador geral do desporto da Antena 1.
Agraciado com vários prémios, do Sindicato dos treinadores a outras entidades privadas, destaca-se o prémio Artur Agostinho, após ter acompanhado a selecção portuguesa no Europeu de 2016...relatando o golo de Éder...
Actualmente, está também ligado a dois projectos televisivos, na narração de jogos da Liga espanhola para o canal Zap - LaLiga, para Angola, e na narração de futebol internacional nos canais de desporto da ElevenSports.

Na carreira, constam para lá da cobertura de inúmeras outras competições e modalidades, ter sido enviado especial a: 4 Mundiais de futebol (2002 Coreia-Japão; 2006 Alemanha; 2010 África do Sul e 2014 Brasil); 3 Campeonatos da Europa de futebol (2000 Holanda-Bélgica; 2012 Polónia-Ucrânia e 2016 - França); 2 Jogos Olímpicos (Atenas 2004 e Pequim 2008).

A conferência será realizada em língua portuguesa e a entrada é livre.
Contamos com a presença de todos.
Por Macau Mais e Melhor!


Ver Mais
Heritage conservation assessment: Conservation Management Plan in Hong Kong
03-04-2019
Quarta-feira, 3 de abril de 2019 às 19:00 – 21:00
C&C Club, Avenida da Praia Grande, 759, 5th Floor

A Conservation Management Plan (CMP) in Hong Kong is a document to facilitate the owners, managers and other related parties understand the heritage values of a place. It helps to manage the change of future use and conservation for the historic building in adaptive reuse. Usually a CMP has chapters which includes introduction, statement of cultural significance, development of conservation policy and conservation policies & management plan. The presentation will be given in form of case study done by the speaker.

Speaker: Tony Lam is a practicing architect and founding director of AGC Design Ltd. Being a former member of Antiquities Advisory Board and the chairman of the heritage & conservation committee, Hong Kong Institute of Architects, Tony is familiar with the heritage conservation issues and active in the field of architectural conservation in Hong Kong. His adaptive reuse project on the Revitalization of Lui Seng Chun has received the HKIA Special Architectural Award. His book《建築保育與本土文化》( Heritage Conservation and Local Culture) covers the heritage conservation history in Hong Kong.
CONSULTE TODOS OS DESTAQUES
Agenda Jurídica 2019
Site by omsite.com